Imunoterapia

Image

A Imunoterapia é uma técnica frequencial realizada através de um aparelho denominado Gerador de Frequência Única – GFU, que é um aparelho de eletroterapia portátil, que visa à eliminação de metais pesados, químicas e toxinas da corrente sanguínea.

Este dispositivo utiliza uma vibração e frequência específica, restabelecendo a saúde através da limpeza de todos os sistemas que integram o corpo humano.

Promove o reequilíbrio das frequências dos órgãos, recuperação do sistema imunológico, recuperação do processo de captação dos nutrientes e oxigenação das células.

A doença é gerada quando o sistema imunológico para de exercer sua função na eliminação de fungos, bactérias e vírus entre outros microrganismos, tornando-se debilitado e sobrecarregando o fígado. Este por sua vez, não conseguindo fazer o processo de depuração, devolve a sujeira acumulada à corrente sanguínea, tornando-a ácida. O sangue acidificado não capta mais os nutrientes necessários ao equilíbrio do organismo e assim é instaurado o processo degenerativo.

Com o uso do equipamento eletroterápico, GFU, é colocado uma corrente de baixa intensidade, através dos eletrodos de cobre, atacando os microrganismos patógenos sem que esta afete as células, assim é impulsionada a estabilização do sistema emocional, vibratório e imunológico do indivíduo, promovendo a cura.

“O GFU trata o corpo como um todo, onde o foco é a eliminação das causas que geram sintomas.”

Seu uso é designado na prevenção e tratamento de doenças, pela aplicação externa de um campo elétrico, onde é gerado uma energia que produz estímulos no corpo através de constantes e rápidas descargas elétricas (não sentidas e indolores) que atuam por todo o corpo humano.

É indicado para tratar câncer, doenças crônicas, degenerativas, hepatite, aids, assim como corrige a pressão sanguínea, previne o enfarte e o derrame cerebral, elimina o cansaço físico e mental, alivia a rigidez dos músculos, combate dores em geral, calcificação renal, e problemas na vesícula.

Não é recomendado o uso do GFU por portadores de marca passos e mulheres grávidas.